Perfil

deputado divulgacao alta resolucao

PERFIL

Nome: Valtenir Luiz Pereira
Filiação: Lúcia Ribeiro Pereira e  Valdivino Luiz Pereira
Nascimento: 24 de Novembro de 1971
Cidade Natal: Jaciara
Partido Político: PMDB

Uma vida dedicada às causas sociais

Valtenir Luiz Pereira, 45 anos, é defensor público licenciado e deputado federal de terceiro mandato pelo Estado do Mato Grosso. Nasceu no Distrito de São Lourenço de Fátima, na época município de Jaciara (MT), hoje município de Juscimeira. É pai de Maria Raquel Ribeiro Luiz Pereira.

Na adolescência, foi engraxate, vendedor de picolé, vendedor ambulante, office-boy, balconista (vendedor de calçados, confecções e peças de moto), vendedor de motocicleta, automóvel e consórcio.

Foi servidor público do Ministério Público do Trabalho, advogado e professor universitário. Hoje é defensor público licenciado.

Valtenir Pereira tinha 11 anos de idade quando seu pai, o agricultor Valdevino Luiz Pereira, foi assassinado em 1983. Ele e outros quatro irmãos, filhos da dona Lúcia Ribeiro Pereira, tiveram que recomeçar a vida, premidos, a um só tempo, pela perda paterna e pelas condições econômicas da família.

A mãe, em busca de melhores condições de sobrevivência, mudou-se com os filhos para a capital Cuiabá. Juntos, eles enfrentaram os desafios de trabalhar para sustentar a família e de buscar incessantemente a justiça.

Valtenir e seus quatro irmãos fizeram então uma espécie de “pacto”: estudariam Direito para serem advogados para processar e colocar na cadeia os assassinos que provocaram a morte do pai. Estudaram, se formaram em direito e conseguiram 18 anos após, em 2001 condenar um dos assassinos do pai, à época, o recém empossado prefeito de Juscimeira.

O assassino aguardou em liberdade os julgamentos dos recursos que chegaram ao Supremo Tribunal Federal (STF). Somente em 2004, 21 anos após a morte, é que a Justiça determinou o início do cumprimento da pena.

Entre os participantes do assassinato, dois ainda respondem pelo crime e já foram julgados em 2005 pelo tribunal popular do júri em Cuiabá, onde receberam uma pena de 12 anos de prisão e o processo está em grau de recurso no STF.

A história da família Pereira, pela indignação e impunidade, ganhou destaque na mídia local e nacional. É considerado um exemplo inspirador de luta por justiça.
Em 2001, Valtenir Pereira e os irmãos contaram a história de vida no Programa da Xuxa, na rede globo de televisão. Na mesma década, o caso foi manchete do jornal de circulação nacional, Folha de São Paulo.

Os irmãos Pereira foram incentivadores e participantes diretos da criação da AFVV – Associação dos Familiares das Vítimas de Violência, bem como de vários programas que têm por finalidade buscar e punir os culpados por homicídios. Eles passaram a fazer parte da instituição em 2000. O advogado Wantuir Pereira, irmão mais novo, foi presidente da associação por dois mandatos.

De engraxate a deputado Federal

Para conseguir formar em direito e fazer justiça, Valtenir foi engraxate, vendedor de picolé, vendedor ambulante, office-boy, balconista (vendedor de calçados, confecções e peças de moto), vendedor de motocicleta, automóvel e consórcio.

Foi servidor público do Ministério Público do Trabalho, advogado e professor universitário. Hoje é defensor público licenciado.

Pela militância na área social, Valtenir Pereira, então defensor público, recebeu o convite para ser candidato a vereador em 2004 pelo Partido dos Trabalhadores. Ao assumir o desafio ele foi o quarto mais votado para a Câmara de Cuiabá entre os 19 eleitos, com 5.068 votos.

Com a experiência adquirida na vereança, principalmente na defesa das políticas públicas nas áreas de saúde, educação e justiça social, Valtenir Pereira foi convocado para um novo desafio: o de representar Mato Grosso no Congresso Nacional pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Na eleição de 2006, com uma campanha franciscana, Valtenir Pereira conquistou a última das 8 vagas a que o Estado tem direito, com 52.401 votos, tendo 436 votos a mais que o seu primeiro suplente.

Em 2010, pelo trabalho realizado no Congresso Nacional em defesa do povo brasileiro e das políticas públicas implementadas em Mato Grosso, Valtenir Pereira foi reeleito como o terceiro mais votado do Estado com 101.907 votos. Ele atingiu quase o dobro de votos do primeiro mandato, tendo sido o mais votado em Cuiabá, ao receber 20% do voto do eleitorado da Capital.

Desde 2006, uma das principais bandeiras da atividade parlamentar do deputado federal em Brasília são os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias. Valtenir Pereira criou e preside uma frente parlamentar mista em defesa da categoria. É autor do projeto que estabelece o equivalente a dois salários mínimos para a remuneração básica dos agentes de saúde, colocando o governo federal como responsável pelo pagamento.

Também se destacou no trabalho incessante no campo da habitação popular. Esteve na linha de frente da recente conquista de 4.140 casas do projeto “Minha Casa, Minha Vida” do Governo Federal no Estado de Mato Grosso. Recentemente, 100 municípios, dos 141 existentes, foram contemplados com moradias.

Outra bandeira de luta do deputado federal Valtenir Pereira foi a interiorização da Justiça do Trabalho. Foi o responsável direto, junto ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), Tribunal Superior do Trabalho (TST) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pela aprovação dos anteprojetos de criação de 12 novas varas do trabalho no Estado de Mato Grosso. Foi o relator dos projetos de lei de criação das varas nas Comissões da Câmara Federal. Junto com a bancada, conseguiu ainda aportar recursos suficientes para a construção da sede própria de todas as varas do trabalho que foram criadas.

A atuação do deputado federal Valtenir Pereira é marcada pela atenção ao social, com ênfase nas áreas da saúde, moradia, desenvolvimento econômico e justiça. Estas são as principais linhas da sua atuação parlamentar.

Em 2014, Valtenir Pereira foi reeleito para o terceiro mandato de deputado federal graças ao seu trabalho como parlamentar. Valtenir foi votado em todos os municípios mato-grossenses e com sua articulação política fez com que na primeira eleição do PROS, o partido no estado de Mato Grosso alcançasse 109.720 na chapa de deputado federal.

Participe! Ajude-nos a fazer um mandato justo e solidário

Clique no botão ao lado e nos envie sua opinião, sugestão ou reclamação. Estamos aqui para te atender

ENVIAR SUGESTÃO

PÁGINAS

ATUAÇÃO

MULTIMÍDIA